“Festival Sofia – concertos no palácio da justiça” acontece pela primeira vez

Resultado de imagem para ruc radio universidade de coimbraRÁDIO UNIVERSIDADE DE COIMBRA 107.9 FM
1/07/18
            Maria Emília Martins e Luís Azevedo Mendes na conferência de imprensa de 29 de junho
 
O Tribunal da Relação de Coimbra promove um ciclo de concertos com a Associação da Orquestra Clássica do Centro (OCC) que vão passar pelos espaços do edifício do Palácio da Justiça. O ciclo “Festival Sofia – Concertos no Palácio da Justiça” tem início a 8 de setembro e termina a 26 de outubro.
 
 
Salas de audiência, jardim e outros espaços vão receber grupos de câmara da OCC. A 8 de setembro sob o tema “serenatas”, o quarteto de cordas da orquestra interpreta obras de Gardel e Tosti, com o tenor Mário Alves. No dia 21 de setembro vai ter lugar um concerto com a soprano Dora Rodrigues, uma das vozes portuguesas “mais bonitas”, na opinião da diretora da OCC, Maria Emília Martins.
 
O mês de outubro inicia com a celebração do Dia Mundial da Música, um trio da orquestra interpreta obras do compositor brasileiro , Villalobos e do compositor cabo-verdiano, Vasco Martins, entre outros, acompanhado pela soprano Mariana Pacheco e pelo barítono Tiago Matos. A 12 do mês acontece o concerto a solo do violoncelista Jed Barahal.
 
A colaboração da OCC com o Tribunal da Relação de Coimbra, para além do ciclo de concertos anunciado, tem mais um momento alto, hoje, dia 1 de julho, pelas 19h30 com o concerto da Orquestra Clássica do Centro a acontecer nos Jardins do Palácio da Justiça. A iniciativa de entrada gratuita assinala os 100 anos do Tribunal da Relação de Coimbra e caso chova transfere-se para uma das salas do Palácio da Justiça.
 
Ainda no âmbito  das comemorações dos 100 anos do TRC, “a música não será o único evento” organizado pelo Tribunal da Relação de Coimbra (TRC). Até final de maio de 2019 vão ter lugar encontros de caráter científico e pela primeira vez, algumas das sessões do TRC vão passar pelas comarcas de Viseu, Guarda, Castelo Branco e Leiria, revelou o Juiz presidente do Tribunal da Relação, Luís Azevedo Mendes.
 
Ainda em setembro de 2018, o TRC conta trazer para Coimbra a exposição evocativa do centenário de Júlio Resende que está patente até 31 de agosto nos Passos Perdidos do Palácio da Justiça, do Porto.
 
Os azulejos de Jorge Rei Colaço estão a comemorar 150 anos, a divulgação dos painéis vai passar pela realização de colóquios alusivos ao tema e pela publicação de um livro. 
Cada espetáculo do ciclo musical vai ter o custo de 13 euros e tem início às 21 horas. Luís Azevedo Mendes e Maria Emília Martins confirmaram que a iniciativa “Festival Sofia – Concertos no Palácio da Justiça” vai voltar no próximo ano.
 
Isabel Simões
 
 

Powered by Marketing Lovers