Visitas guiadas mostram cidade desconhecida

 

Resultado de imagem para diário as beiras
20 Junho, 2018 at 10:43
Posted by Cátia Vicente CV
Foto DB-Pedro Ramos
 
São quase 20 pessoas, dos 11 aos 88 anos. Chegam ao Palácio da Justiça, em Coimbra, passa das 15H30. O espaço fresco, em contraste com o calor que se faz sentir na rua da Sofia, convida a entrar.
 
“Tesouros de uma cidade Património Mundial – De Colégio a Tribunal” foi o tema da visita guiada, organizada pelo Município de Coimbra, que levou ontem este grupo a descobrir segredos bem escondidos no centro da cidade.
 
No edifício onde funciona hoje o Tribunal de Coimbra há 18 mil azulejos pintados por Jorge Colaço, famoso ceramista, falecido em 1942, que trabalhou na Fábrica Lusitânia de Coimbra. Mas há também uma tapeçaria enorme que retrata as Cortes de Coimbra, de 1211, mandada fazer em Portalegre, por 165 contos de réis, e até um cedro pré-histórico que parece uma palmeira, no claustro. Estas e outras curiosidades foram contadas pelos guias Branca Gonçalves, da Câmara de Coimbra, e António Letra, oficial de justiça e licenciado em História.
 
Notícia completa na edição impressa do dia 20 de junho de 2018

Powered by Marketing Lovers