Relação de Coimbra abre as portas no centenário com teatro e música

Relação de Coimbra abre as portas no centenário com teatro e música
 

Nacional

13 DE MARÇO DE 2018
18:22

A Relação de Coimbra abre as portas do Palácio da Justiça à população para celebrar o seu centenário, com um concerto e uma peça de teatro que circula pelas salas de audiência, além de outras iniciativas que se estendem até 2019.

"Queremos abrir o Palácio da Justiça. É muito importante abrir a casa à população, aos cidadãos", afirmou hoje o presidente do Tribunal da Relação de Coimbra, Luís Azevedo Mendes, numa conferência de imprensa das comemorações do centenário da instituição que, noutro sinal de abertura, decidiu criar uma página de Facebook.

A sessão solene de comemoração do centenário é a 08 de maio - data do decreto que estabelece a criação do tribunal -, mas já neste mês haverá iniciativas.

No dia 20, é apresentado o livro "Estudos em Comemoração dos 100 Anos do Tribunal da Relação de Coimbra", que vai contar com a presença do presidente do Supremo Tribunal de Justiça, António Henriques Gaspar, e da ministra da Justiça, Francisca Van Dunem.

A 24, o Palácio da Justiça recebe a peça de teatro "Rei Lear", de Shakespeare, que vai percorrer vários dos "locais de interesse artístico e monumental" do Palácio da Justiça, realizando-se ainda a 7 e 21 de abril, sempre às 16:16, informou Luís Azevedo Mendes.

A 01 de julho, "os portões do palácio abrem-se" para um concerto nos jardins realizado pela Orquestra Clássica do Centro, assinalando os 100 anos sobre a primeira sessão de trabalho daquele tribunal, frisou.

Durante as comemorações, haverá também espaço para um colóquio sobre figuras da justiça ligadas ao território da Relação de Coimbra (12 de abril), um passeio "todo-o-terreno" que vai procurar "olhar para o território" abrangido pela instituição e a sua coerência (26 de maio) e o Encontro Anual de Tribunais Superiores (16 de junho).

A 23 e 24 de junho, advogados, funcionários dos tribunais, magistrados e solicitadores participam num torneio de futsal.

Segundo Luís Azevedo Mendes, o programa estende-se até 08 de maio de 2019, estando até agora definidas as iniciativas das comemorações até agosto deste ano.

"Tudo faremos para termos muitas iniciativas culturais e visitas guiadas", salientou o presidente da Relação, enaltecendo o interesse artístico do próprio palácio, como é o caso do acervo de azulejos do artista Jorge Rei Colaço, que percorrem as paredes do edifício.

Powered by Marketing Lovers