Enriquecimento sem causa. Repetição do indevido. Erro. Saneador. Exceção peremtória. Apelação autónoma

ENRIQUECIMENTO SEM CAUSA. REPETIÇÃO DO INDEVIDO. ERRO. SANEADOR. EXCEÇÃO PEREMTÓRIA. APELAÇÃO AUTÓNOMA
APELAÇÃO Nº
52/13.3TBAVZ-E.C1
Relator: ARLINDO OLIVEIRA
Data do Acordão: 10-12-2019
Tribunal: COMARCA DE LEIRIA, LEIRIA, JUÍZO DE COMÉRCIO
Legislação: ARTS.476 Nº1 CC, 644 Nº1 B) CPC
Sumário:

  1. Para os termos do disposto no artigo 476.º, n.º 1, do Código Civil, com vista à repetição do indevido – caso particular do enriquecimento sem causa – não se exige o erro do solvens no acto do cumprimento.
  2. O despacho saneador que julga improcedente uma invocada excepção peremptória de caducidade, porque conhece do mérito, admite apelação autónoma, nos termos do art.644 nº1 b) CPC. 

Consultar texto integral

Footwear

Powered by Marketing Lovers